quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Dois mil e oito pensamentos do meu fascínio
Dry Neres



Ah, como foi bom esse dois mil e oito. Para mim foi fonte de inspiração até nos momentos em que eu via meu coração sangrar como flor despetalada. Nesse dois mil e oito aprendi a fazer morar no papel meus pensamentos de devanear. Conheci pessoas incríveis, descobri a verdadeira face de algumas outras. Fui fonte de contradições e sorrisos. Dancei... Dancei como bailarina na pista de sonhos. Fui atriz no meu palco de cor e dor. Soube distrair-me com as borboletas e com canções que embalavam meu ato de escrever e inventar. Chorei, chorei bastante. Talvez nunca tenha gastado tanto com lenços humanos. Amei... Amei como nunca, como louca em desvairil. Ainda carrego aqui um pedaço teu. Não tenho mais pedaço meu em ti. Agora é perceptível esse olho teu aqui em mim, com ares de sorriso de criança em mulher, com arpejos de cintilância febril. Ah, esse dois mil e oito de violões e circos... De gritos e silêncios... De virtualidades desvirtuais... Onde museus, e cavernas, e lâmpadas, e carros, e sonos, e fantasmas, e você... Moraram, ficaram, demoraram em mim indiscutivelmente.

Me despeço desse dois e mil e oito, com a certeza de que tudo que sou, de que tudo que me faço... É cada vez mais real, mais intenso, mais vermelho, mais você, com você, por mim. É cada vez mais pintado, cada vez mais novela, mais estádio, mais voraz. Estou. Sei. Poeticossintetizada. Entre. Nós. Singular. Os sujeitos. Meus predicados. Nesse ar. De misturas. E pausas. Constantes. Com pontos. Vírgulas pontuadas. Frases circulares. Livros ao forno. Dois mil e oito a-guardar. Meus sorrisos. E véus. Nessa casa. Nesse. Lar. Que. Sou. Eu. Nesse barco. Nesse mar. Estou. E pauso. Para recomeçar.

3 comentários:

Poeta Mauro Rocha disse...

Então galera o ano se desfez
Mas vou avisando que foi um ano e tanto
Por tudo que vi
Pelas pessoas que conheci
Real ou virtual
Pelos poemas que publiquei
Pelos blogs que visitei
Espero que algo de bom eu tenha provocado...
Vou tirar férias, mas, volto...
FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!
MAURO ROCHA

manzas disse...

Para vós amigos… de reflexão,
uma natividade de prosperarão
e um ano novo também,
de rostos risonhos,
com realizações de vossos sonhos…
Num vislumbrar de um novo mundo
poetizar a paz e harmonia
cantando todos de mãos dadas
na sintonia da alegria.

Um Bom Natal.

Anderson Meireles disse...

Eu quero expressar os dois mil e oito(genéricos) fascínios meus pelos pensamentos seus neste ano tão bom que te conheci!
Que 2009 nos proporcione mais 365 chances de ser feliz e querer bem,
Forte abraço!