terça-feira, 27 de julho de 2010


"O amor que eu te tenho é um afeto tão novo
Que não deveria se chamar amor
De tão irreconhecível, tão desconhecido
Que não deveria se chamar amor
[...]
Poderia se chamar primeiro beijo

Porque não lembro mais do meu passado
[...]
Poderia se chamar universo

Porque nunca o entenderei por inteiro"...

Que não deveria se chamar amor - Paulinho Moska

3 comentários:

Poeta Mauro Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Poeta Mauro Rocha disse...

Mas o amor tem tantos nomes e tantas formas e tantos desejos que não deveria se chamar de amor e sim de primeiro beijo.
Ame e viva pois o que importa é ser feliz.

Bjs

Saudades!

ParadoXos disse...

o amor deveria ter o teu nome!

:-)


um beijo muito grande querida amiga!