terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Di-amantes
 Dry Neres



Discretamente, digo-te donzela.
Dos D's denovo,
ditongalmente.
...
Dá de dizer duamor dos D's.
Duencanto.
Duexagero.
...
Dá de dialogar de D,
dizendo - Dam;
dizendo - Dry;
Dias, dedos, dotes, dozes.
!!!!!!
Diferentemente doutros, damo-nos:
d e v o t a d a m e n t e !
Delicadamente di-amantes deixamos.
...
Datilografo dádivas
daí, dalém,
dama duamor da Dry.
!!!!!!
Dum decanato decerto:
decoro.
Declaro-me:
doida diamor, DAMa -
Deidade delonga.
...
Deliciosamente, delírio.
Demasiadamente dentre.
'Desconcertar-te-ei'?
...
Di-amantes, dou-te!
'Desconcertar-te-ei'?
Devorar-te-ei!
Doçura, delas -
duradoura descrição.

2 comentários:

pensador made in vaso disse...

com sempre, muito bem escrito. Legal essa forma de escrever um poema usando a inicial de quem ama.
muito bom mesmo.
abraços libertários

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola menina linda!! Saudades!!
Quero desejar-lhe um Feliz Natal para você e toda sua familia e que tenhamos muito amor e paz nos das que se seguem,estou antecipando pois vou viajar e não haverá internet onde vou,rssrsrr, mas independente diso, gostaria de dizer que estarei ligado a todos na esperança de um Brasil e mundo melhor e no desejo que sejamos muito felizes. Um abraço!!